A TERRA TREME :: Exercício nacional de sensibilização para o risco sísmico

Às 10H13 do próximo 13 de outubro irá realizar-se um exercício nacional de sensibilização para o risco sísmico A TERRA TREME.

Trata-se da 5.ª edição, organizada pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), em conjunto com a Direção-Geral da Educação (DGE), a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE) e a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP).

A iniciativa visa capacitar a população para saber como agir antes, durante e depois de um sismo.

O exercício propriamente dito compreende a prática de 3 gestos simples que podem fazer a diferença no caso da ocorrência de sismo. A ação desenrola-se ao longo de 1 minuto, durante o qual os participantes, de forma individual ou coletiva (famílias, escolas, empresas, instituições públicas, privadas ou associativas), executam os 3 gestos de autoproteção: BAIXAR – PROTEGER – AGUARDAR, independentemente do local onde estejam naquele dia e hora convencionados.

A TERRA TREME coincide e enquadra-se nas comemorações do Dia Internacional para a Redução de Catástrofes, efeméride instituída pela Organização das Nações Unidas que tem como tema central este ano “Home Safe Home: Reducing Exposure, Reducing Displacement”.

Embora a iniciativa vise abranger todos os cidadãos nacionais, os organizadores voltam a colocar especial enfoque na comunidade educativa mais jovem (especialmente os alunos do ensino básico) por ser um segmento da população muito recetivo e permeável à mensagem subjacente à iniciativa, e que, em regra, altera mais facilmente comportamentos e atitudes face ao risco, bem como demonstra capacidade de influenciar, por via do contacto com os mais velhos, mudanças idênticas noutros segmentos e grupos da população.

Por todo o país, os Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS) da ANPC irão, durante os próximos dias, articular e coordenar em parceria com as respetivas comunidades educativas locais, as associações de bombeiros, os serviços municipais de proteção civil e os demais agentes de proteção civil a realização de ações de sensibilização sobre a temática do risco sísmico e as medidas de autoproteção para fazer face ao mesmo.

O Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura será o de maior visibilidade no Alto Minho.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta