AEVC lança o projeto AME – Alto Minho Empreendedor

0 128

A AEVC – Associação Empresarial de Viana do Castelo apresentou, no passado dia 28 de Fevereiro, no Auditório Francisco Sampaio da ESTG, o projeto AME – Alto Minho Empreendedor.

Esta iniciativa vai dar suporte a empreendedores e empresários com novas ideias de negócio, estimulando e dinamizando o espírito empreendedor da região com o objectivo de captar sangue novo e novas ideias, criando assim espaço Interdisciplinar de Encontro e Convergência Criativa com vista à criação de novos negócios.

A abertura deste Seminário de Apresentação do Protejo AME – Alto Minho Empreendedor contou com a presença da Câmara Municipal de Viana do Castelo, através da sua Vereadora da Cultura, Maria José Guerreiro, bem como de Rui Teixeira, Presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, e de Luís Ceia – Presidente da Associação Empresarial de Viana do Castelo.

As linhas gerais deste projeto de dinamização do espírito empreendedor foram lançadas por Pedro João, CEO – Amazingsquare, que apresentou os objectivos, resultados e medidas de financiamento ao dispor dos empreendedores e empresários.

Manuel Lopes Teixeira, Vice-Presidente da Fundação da Juventude, foi o moderador do momento seguinte deste seminário dedicado à apresentação de Testemunhos de empreendedores.

O primeiro a apresentar o seu testemunho foi José Luís Gramaxo, Co-founder & CEO da SendEAT, plataforma tecnológica que permite que restaurantes sem serviço de entrega ao domicílio possam oferecer este tipo de serviço sem qualquer investimento em estrutura, e sem alterações de fundo no seu dia-a-dia de trabalho.

Já Tiago Pereira – Co-founder da Lumer veio apresentar o isqueiro inteligente recarrega no telemóvel e contempla uma app que monitoriza os hábitos dos fumadores. Sincronizada via Bluetooth, a app fornece notificações aos utilizadores para que estes não percam novamente o seu isqueiro. Contrariamente aos isqueiros a gás, o Lumer é completamente elétrico, facto que o torna resistente ao vento e um objeto permitido nos aeroportos.

Estes dois empreendedores deram a conhecer os seus modelos de negócio e partilharam as suas experiências, dificuldades e desafios. O debate foi depois alargado à plateia que se revelou extremamente interessada em ouvir as experiências destes dois empreendedores.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta