Vale mais

Vale mais
3324 ARTIGOS 0 COMENTÁRIOS

Saber de futebol ou de outro desporto coletivo ou individual é muito mais do que táticas, leis de jogo ou toques na bola. Implica um conhecimento profundo e alargado de componentes físicas e humanas.

A pensar em ti e na tua formação, o Sport Clube Valenciano organiza, em conjunto com a Câmara do Municipal De Valença, as I Jornadas de Medicina Desportiva.

É já no próximo dia 1 de novembro, no auditório da Escola Superior de Ciências Empresarias – ESCE, que decorre a I Jornadas de Medicina Desportiva, numa organização do Sport Cube Valenciano, em colaboração com a Câmara Municipal de Valença.

O intuito é oferecer a todos os agentes do desporto conhecimento e saber.

Para isso, contamos com oradores de várias áreas, com diferentes experiências, e com um trajeto em instituições de renome como DragonForce, Paços de Ferreira F.C., Leixões S.C., S.C. Braga, entre outros.

Os temas são práticos e variados e estão direcionados para o dia a dia dos atletas, pais e treinadores, quer de formação como de seniores.

A grande vantagem destas jornadas é a enorme variedade de público alvo que abrange visto que qualquer pessoa pode participar e absorver conhecimento em áreas como nutrição, fisioterapia, medicina geral, fisiologia e psicologia.

Com estas jornadas, o Sport Clube Valenciano pretende demonstrar que o desporto é muito mais do que uns toques na bola.

Luís Goios, um dos organizadores destas jornadas refere que “no desporto amador assim como na formação, não se dá a devida importância a estas questões, quer seja  por treinadores, diretores ao pais. Na maioria dos casos a alimentação do atleta, a prevenção de lesões, os problemas com colegas, treinadores e, até mesmo, com os pais não tem o devido tratamento.

Depois, grande parte dos treinadores não têm formação em áreas onde podem e devem ser mais competente”.

Com esta iniciativa o Sport Clube Valenciano demonstra que o clube pretende mudar a sua mentalidade, estando presente no dia-a-dia dos seus atletas, potenciando o seu crescimento, aprimorando também a conexão com a cidade e com os seus adeptos.

0 81

Ponte da Barca celebra, na próxima quarta-feira, 24 de outubro, mais um Dia do Município, distinguindo um conjunto de entidades e personalidades pelo papel preponderante no desenvolvimento e afirmação do concelho nas mais diversas áreas de atuação.

 Para além da atribuição das Medalhas de Bons Serviços, de Mérito Municipal Económico, de Mérito Desportivo e de Mérito Municipal Social, a Câmara Municipal vai atribuir a Medalha de Honra de Ponte da Barca ao Reverendíssimo Padre António Valente Pereira e, a título póstumo, a  António de Oliveira Cabral, pelo profissional de reconhecido mérito, político empenhado e ao cidadão exemplar que foi,  durante a sessão solene presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, Augusto Marinho que marca os 505 anos do Foral de D. Manuel I às Terras da Nóbrega, a decorrer no átrio dos Paços do Concelho, a partir das 21h.

 É, porém, logo pela manhã, às 10h, que se dá inicio à celebração deste marco da história de Ponte da Barca, com o hastear das Bandeiras, nos Paços do Concelho. Da parte da tarde, às 15h, decorrerá a assinatura de protocolo entre o Município de Ponte da Barca e a Direção-Geral da Administração da Justiça e, às 18h, a entrega dos Prémios Concurso de Varandas e Janelas da Romaria de São Bartolomeu, ambos no  Salão Nobre dos Paços do Concelho.

 

0 99

Viana do Castelo acolhe, entre os dias 20 e 21 de outubro, o Encontro de Cantadores ao Desafio e Repentistas Portugueses. O evento, que acontece no Teatro Municipal Sá de Miranda, contará com cerca de uma centena de cantadores e músicos, com a participação especial de poetas repentistas do Ceará, no Brasil, e de Cantadores Regueifeiros da Galiza.

O programa começa na sexta-feira, 19 de outubro, na Casa do Povo de Vila Nova de Anha, pelas 21h30, com um Encontro de Cantadores ao Desafio Portugueses e Brasileiros.

No sábado, 20 de outubro, o evento começa pelas 10h00, no Teatro Municipal Sá de Miranda, com o acolhimento de todos os participantes, entre cantadores, músicos e convidados. As Jornadas sobre o Cantar ao Desafio, dedicadas ao Repentismo em Portugal – Cantar de Improviso, iniciam pelas 14h30, com a participação do vianense Augusto Canário e especialistas de vários pontos do país, como Braga, Murtosa, Porto, Castro Verde, Torres Vedras, Montalegre, Açores e Madeira, contando ainda com a presença de um especialista do Brasil.

Pelas 21h30, o Teatro Municipal é palco do 1º Encontro de Cantares ao Desafio Nacional, um evento dedicado aos improvisos e repentismos, com participantes de todo o país, da vizinha Galiza e do Brasil. No domingo, 21 de outubro, o Teatro Municipal acolhe, a partir das 10h30 e novamente às 15h00, o 1º Encontro de Cantares ao Desafio Nacional.

O Encontro é organizado pela Vianafestas – Associação Promotora das Festas da Cidade de Viana do Castelo e por Augusto Canário, intérprete de música tradicional portuguesa e cantador ao desafio, contando com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo e Junta de Freguesia de Vila Nova de Anha.

0 129

O barco de um armador de Vila Praia de Âncora que estava à deriva com dez tripulantes a bordo está a ser rebocado desde as 08h00 de hoje para Vigo, em Espanha, informou a Marinha.

Recorde-se que a embarcação ficou à deriva e sem energia a cerca de 160 quilómetros a oeste do concelho de Caminha.

O comandante Fernando Fonseca, porta-voz e relações públicas da Marinha e da Autoridade Marítima Nacional, disse que a embarcação de pesca “Vila do Infante” começou a ser rebocada para Vigo, devendo este trabalho “prolongar-se por todo o dia”.

Segundo este responsável, o tempo que esta operação vai demorar depende da velocidade a que os trabalhos de reboque decorram, mas “irá certamente demorar o dia todo, podendo entrar pela madrugada”.

Fernando Fonseca acrescentou que os dez tripulantes “estão bem e tranquilos”.

Em comunicado divulgado no final do dia de quinta-feira, o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), que está a coordenar a operação de reboque do barco “Vila do Infante”, em articulação com a Força Aérea e em colaboração com o navio mercante EMERALD, adiantou que a tripulação é composta por cinco portugueses e cinco indonésios.

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos, apreendeu cerca de 230 quilos de polvo imaturo,  nas localidades do Castelo Neiva e Matosinhos.

A apreensão, que decorreu ontem,  foi efetuada no âmbito de uma ação de fiscalização na lota de Matosinhos, tendo o polvo sido apreendido por não possuir o peso mínimo regulamentar de venda (750 gramas).

As autoridades apuraram ainda  que o polvo teria como destino uma fábrica de transformação e comercialização  de produtos de pesca e o abastecimento de restaurantes, na zona da Póvoa de Varzim.

Foram levantados dois autos de contraordenação e identificadas três embarcações suspeitas de efetuarem a captura.

O pescado apreendido foi doado a instituições de solidariedade social.

A vigilância no serra de Santa Luzia, por parte dos militares da Escola dos Serviços (ES) do Exército Português foi prolongada até final do mês.

O protocolo foi assinado entre o Coronel da Administração Militar, Armando Ferreira, e o Presidente da Câmara Municipal, José Maria Costa.

Assim, durante este período, a Escola dos Serviços disponibiliza uma viatura e militares para operações de vigilância e para informar as entidades responsáveis da Proteção Civil sobre ocorrências. Até hoje, o protocolo já trouxe à Serra de Santa Luzia 250 militares, que efetuaram 110 missões.

Os militares estão, assim, a realizar operações de vigilância mantendo permanentemente informadas as entidades responsáveis (CODIS, Bombeiros Municipais de Viana do Castelo) e comunicando, de imediato, qualquer ocorrência digna de registo. Esta vigilância, iniciada a 9 de julho, pretende ser preventiva de incêndios nos quase 30 quilómetros quadrados de extensão da Serra de Santa Luzia.

Para o autarca, o protocolo é um excelente exemplo da cooperação institucional entre o Exército Português e as autarquias, tendo sido fator relevante na dissuasão dos incêndios e excelente contributo para a prevenção de incêndios florestais em Viana do Castelo.

Face aos bons resultados, o Presidente da Câmara já solicitou a continuação do projeto para o próximo ano. Desde 2010, ano em deflagraram variados incêndios naquela área do concelho, que os militares vigiam Santa Luzia durante o verão. Através do protocolo, a Câmara Municipal assegura o apoio logístico e contactos.

0 147

Melchior Moreira líder da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal desde 2008 foi detido pela Polícia Judiciária por suspeitas de corrupção, participação económica em negócio e tráfico de influências, juntamente com outros dois dirigentes da entidade pública e dois empresários.

Segundo a Polícia Judiciária , a Operação Éter investiga “a presumível prática reiterada e continuada da viciação de procedimentos de contratação pública, cujos valores ascendem a vários milhões de euros”.

“A investigação, centrada na atividade da uma pessoa coletiva pública, determinou a existência de um esquema generalizado, mediante a atuação concertada de quadros dirigentes, de viciação fraudulenta de procedimentos concursais e de ajuste direto com o desiderato de favorecer primacialmente grupos de empresas, contratação de recursos humanos e utilização de meios públicos com vista à satisfação de interesses de natureza particular”, esclarece a PJ.

Foram realizadas 11 buscas, domiciliárias e não domiciliárias, nas regiões de Porto, Gaia, Matosinhos, Lamego, Viseu e Viana do Castelo e estiveram envolvidos 50 elementos da Polícia Judiciária, incluindo inspetores, peritos informáticos e peritos financeiros e contabilísticos.

Os dois empresários detidos terão beneficiado do esquema e representam sociedades distintas.

Este processo já tinha sido iniciado há meses, com uma série de buscas a serem efetuadas em junho passado. Na altura, além das instalações do Turismo do Porto e Norte, foram alvo de buscas as sedes do Sporting de Braga e do Vitória de Guimarães, assim como a Câmara de Viseu. A Procuradoria-Geral Distrital do Porto indicou, nessa altura, que tinham sido constituídos cinco arguidos. “Não percebo o que está em causa, mas estou totalmente disponível para colaborar com as autoridades”, disse em junho Melchior Moreira, que afirmava estar “de consciência tranquila”.

Recorde-se que Melchior Moreira foi reeleito em junho passado e já foi deputado na Assembleia da República, eleito pelo PSD. Natural de Lamego e com 54 anos também já foi vereador na Câmara de Lamego. Os outros dirigentes do turismo detidos são elementos do Departamento Operacional e da Direção do Núcleo Financeiro e Jurídico. Os empresários são da Maia e de Viseu.

0 77

O Cineclube de Arcos de Valdevez tem estreia marcada para a próxima sexta-feira, dia 19 de outubro pelas 21h30, com o filme “Pedro e Inês” a fazer as honras da casa. Além do realizador, a apresentação, que decorrerá no Auditório da Casa das Artes local, contará com a presença do ator principal do filme, Diogo Amaral.

Além da apresentação do Cineclube, o serão contará com a projeção de “Pedro e Inês”, um dia após a sua estreia nacional, e, ainda, com a presença do realizador António Ferreira, da produtora Tathiani Sacilotto, do protagonista Diogo Amaral e da coescritora da adaptação do romance, Glória M. Ferreira, para uma sessão de perguntas e respostas com os espectadores.

Em Ano Europeu do Património Cultural, surge no concelho de Arcos de Valdevez um novo promotor e divulgador de cinema, em parceria com o Município arcuense. O Cineclube pretende dar a conhecer novas opções cinematográficas ao público do Alto Minho, oferecendo variedade e procurando promover o debate e o interesse pelas várias formas de cinema e audiovisual. A educação para a cultura será outro dos grandes objetivos do Cineclube, através de uma forte ligação às escolas do concelho, de forma a despertar e cativar novos públicos.

Até ao final do ano, o Cineclube de Arcos de Valdevez, fruto de uma pareceria com a APORDOC – Associação Pelo Documentário, programará sessões de curtas-metragens que serão projetadas antes dos filmes promovidos pelo Município de Arcos de Valdevez, todos os fins-de-semana. A partir do próximo ano, estão previstas sessões de longas-metragens em diferentes locais do concelho, ciclos de cinema temáticos, workshops, debates e conferências, sendo alguns direcionados ao público escolar, bem como a produção de documentários e conteúdos.

0 435

Problemas, conjecturas e um teorias para um mundo melhor é o tema para o colóquio que este sábado, dia 20, entre as 9h30 e as 18h, decorre no Centro Cultural de Paredes de Coura.

Nesta iniciativa do Município courense, marcarão presenças figuras conhecidas como Fernando Rosas, Fernando Catroga, Manuel Loff, Carlos Fiolhais, Paulo Ferreira da Cunha e Norberto Cunha.

0 78

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) vai proceder à entrega, amanha,  dia 19, pelas 15h00, de 200 bicicletas no âmbito do projeto U-Bike.

A cerimónia, que contará com a presença do Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, irá decorrer na Biblioteca Barbosa Romero da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPVC.

Promover a mobilidade suave, em particular a bicicleta é o objetivo do IPVC.

Ao todo são 200 bicicletas, (160 elétricas e 40 convencionais) a ser disponibilizadas a toda a comunidade académica: estudantes, estudantes Erasmus e internacionais, funcionários e professores.

A “Bira IPVC” como é apelidada vai circular pelas seis escolas do IPVC situadas em Viana do Castelo, Ponte de Lima, Valença e Melgaço. O Politécnico de Viana do Castelo é assim a instituição de ensino superior que vai “pedalar” a maior área geográfica através deste projeto.

Carlos Rodrigues, vice-presidente do IPVC sublinha a importância deste projeto para o Alto Minho. “Sendo o objetivo do projeto a sensibilização da academia e, através da academia, a sociedade em geral, para a necessidade de se substituir a mobilidade assente nos combustíveis fósseis para uma mobilidade “suave”, com economia das emissões de carbono, a presidência, partilhando essa preocupação e os objetivos do projeto aderiu de imediato ao mesmo”.

Carlos Rodrigues realça, por outro lado, o contributo no combate ao sedentarismo e à prática de hábitos saudáveis. “A essas razões junta-se uma outra, não menos importante, que se prende com uma preocupação que é de todos, e que a todos tem que mobilizar, e que se prende com a promoção da saúde através da prática de hábitos saudáveis, neste caso o combate ao sedentarismo e a promoção do exercício físico”.