Campeonato nacional de Boccia – Individuais BC3 decorre em Melgaço

Melgaço recebe, pela primeira vez, o Campeonato Nacional de Boccia, na categoria Individuais BC3.

O evento acontece no próximo fim de semana, dias 14 e 15 de abril, no Centro de Estágios de Melgaço e conta para o ranking nacional da modalidade e da respetiva categoria.

Quarenta e um jogadores vão mostrar as suas habilidades no Boccia: 16 da 1.ª divisão e 25 da 2.ª. Os atletas da seleção nacional José Macedo, Avelino Andrade, Eunice Raimundo, José Gonçalves e Mário Peixoto, são alguns dos participantes que estarão em competição.

FC Porto, Sporting Clube de Braga, Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde, APADIM Penafiel, APPACDM Melgaço, Associação de Boccia Luís Silva, In Boccia, Associação do Porto de PC, Centro de Treinos de Boccia de Oliveira de Azeméis, MAPADI, AHBV Póvoa do Lanhoso e a Associação Feirense de Desporto Adaptado, são os clubes participantes.

A competição tem início pelas 09h30 de sábado e decorre até às 19h00. No domingo ocorre entre as 09h00 e as 13h00, e conta com a entrega de prémios.

A prova de Melgaço será decisiva para o apuramento da classificação final do Campeonato Regional de Boccia 2017-18 – Região Norte, em Individuais BC3 e para o apuramento do Campeonato Nacional de Boccia 2017-18, em Individuais BC3.

A organização é da PCAND – Paralisia Cerebral Associação Nacional do Desporto e conta com o apoio do Município de Melgaço e da Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer E.M.

O Boccia é uma modalidade de cariz universal, descendente de um jogo da antiga Grécia, que progrediu através do Império Romano, tendo vindo a dar origem a uma vasta gama de jogos, dos quais se destacam o bowling e a petanca. Foi introduzido em Portugal em 1983, durante um curso organizado pela APPC (Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral), em estreita colaboração com a CP-ISRA (Associação Internacional de Desporto e Recreação para a Paralisia Cerebral). As vertentes do jogo vão do lazer e recreação ao mais alto nível de competição e é reconhecido neste âmbito pelas entidades oficiais a nível mundial, tendo sido eleito como modalidade Paralímpica.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta