CICLISMO NAS ESTRADAS MINHOTAS. MELGAÇO COM ETAPA

ALTO MINHO DESPORTO

O Grande Prémio do Minho em ciclismo regressa à estrada entre hoje e domingo, com Cabeceiras de Basto, Vieira do Minho e Melgaço numa competição apadrinhada pelos ciclistas internacionais portugueses Tiago Machado, José Mendes e José Gonçalves e destinada ao escalão de juniores.

Promovido pela Associação de Ciclismo do Minho, em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo, a prova será disputada por um pelotão de 145 ciclistas de 16 equipas portuguesas e 6 espanholas.

Com o arranque da competição em Cabeceiras de Basto e o final em Melgaço, o pelotão de terá que percorrer um total de 297,9 quilómetroscom  três etapas, durante as quais encontrarão seis contagens do prémio da montanha e quatro metas volantes.

A terceira e última etapa (Melgaço – Melgaço) será disputada no dia 30 de julho (domingo). Na extensão de 106,1 quilómetros, o percurso da última etapa integra três contagens de montanha e duas metas volantes. As metas de montanha serão discutidas em São Gregório (Km 22,1 – 13h34, Km 58,3 – 14h32 e Km 93,6 – 15h27) e as metas volantes aquando da passagem na meta (Km 32,7 – 13h51 e Km 68,8 – 14h48).

As equipas portuguesas inscritas são a Academia Joaquim Agostinho / UDO, ACD Milharado / Escola Ciclismo Manuel Martins, Bairrada, C. C. Barcelos / AFF / Orbea / Onda, Escola de Ciclismo Carlos Carvalho, LA Alumínios / SGR Ambiente / C. C. A. Paio Pires, Maia, Matos Cheirinhos / Vila Galé / Etopi, Moreira Congelados / Feira / Bicicletas Andrade, RP / Boavista Formação, Seissa / KTM Bikeseven / Matias & Araújo / Frulact, Sicasal / Liberty Seguros / Bombarralense, Silva e Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel, Sporting / Tavira / Eng. Brito da Mana, Team Almodôvar e Tensai / Sambiental / Santa Marta – Bila Bikers / Carnes Silva / Cycleso

Já as espanholas são a Fundacion Oscar Pereiro, Arte en Transfer – Leon, Bathco / CC Besaya, Clube Ciclista Cidade de Lugo, Codelse Cycling Team e Disgarsa – C.C. Colindres.

.

 

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta