Já ouviu falar de PAISAGENS RURAIS ‘MODERNISTAS’?

0 205

Investigadores de projeto internacional MODSCAPES em Paredes de Coura

Paredes de Coura, mais concretamente a colónia agrícola da Boalhosa, recebeu por estes dias investigadores e bolseiros do projeto internacional MODSCAPES – Modernist Reinventions of the Rural Landscape, numa iniciativa que envolveu a população local e representantes do Município. De uma equipa de 11 investigadores nacionais, ali estiveram nove deles, incluindo três bolseiros.

Paralelamente, decorreu também no CEIA (Centro de Educação e Interpretação Ambiental da Paisagem Protegida do Corno de Bico), até ao último dia 29, uma exposição, bem como um workshop (dia 19), dirigidos à população. O objetivo passou por conhecer o modo de vida das populações locais. A adesão e a recetividade destas foi uma nota dominante.

Conforme nos foi referido, a iniciativa revelou-se proveitosa, designadamente, pelos contactos informais que permitiu com os colonos que ainda ali vivem.

MODSCAPES estuda as novas paisagens rurais produzidas pelo desenvolvimento agrícola e esquemas de colonização de grande escala, implementados no século XX em toda a Europa e para além desta, que foram fundamentais para a construção das nações e produziram Paisagens Rurais Modernistas.

Com o passar do tempo, edifícios e paisagens deterioraram-se e os seus habitantes originais desapareceram. O contexto político mudou, mas as Paisagens Rurais Modernistas ainda permanecem e tornam-se cada vez mais difíceis de perceber como formas únicas de assentamento e de património cultural.

MODSCAPES compara exemplos de Paisagens Rurais Modernistas (PRM) para responder a diferentes questões: quais foram os debates e os planos que produziram PRM?; o que foi realizado e o que resta?; quais foram os impactos mais importantes das PRM na sociedade e na cultura?; como é que as PRM são vistas hoje? e o que deve ser feito a este respeito?

Recorde-se que MODSCAPES é um projeto desenvolvido por cinco equipas baseadas em importantes universidades europeias, como a Université libre de Bruxelles (Bélgica), Politecnico di Milano (Itália), Escola Superior Artística do Porto (Portugal), Technische Universität Berlin (Alemanha) e Estonian University of Life Sciences (Estónia), tendo também como parceiros associados ‘Docomomo International’, ‘Civilscape: we are the landscape people!’ e ‘ECLAS – European Council of Landscape’.

As equipas, das quais constam os investigadores Alexandra Trevisan, Joaquim Flores, Maria Helena Maia e Paolo Marcolin (também docentes da ESAP), Joana Couto, Miguel Pinto e Rute Figueiredo (bolseiros do projeto) e as investigadoras Marta Prista e Isabel Matias, estão a realizar investigação e trabalho de campo sobre as Paisagens Rurais Modernistas até setembro 2019.

Paredes coura modscapes

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta