Jean Rouch em destaque no curso de verão do Festival Internacional de Documentário Filmes do Homem

0 111

A obra do antropólogo e realizador Jean Rouch é o grande destaque do curso de verão Fora de Campo, integrado no Festival Internacional de Documentário de Melgaço FILMES DO HOMEM, que decorre entre 30 de Julho e 5 de Agosto.  Sob o pretexto do centenário do nascimento do realizador, o programa do curso de verão pretende destacar a relação de Jean Rouch com o cinema português.

 Além da apresentação em sala de filmes bem conhecidos do realizador como é o caso de “Chronique d’un Été” (1961), o programa prevê também a projeção de “En Une Poignée de Mains Amies” (1997), longa-metragem realizada em colaboração com o cineasta português Manoel de Oliveira, que será apresentada pelo produtor da obra Bernard Despomadères. Ainda, o curso de verão conta com a participação da realizadora Iraniana Mina Rad para falar da influência de Rouch sobre o cinema Iraniano e apresentar o seu filme “Contes Persans, Jean Rouch en Iran” (2018).

 Jocelyne Rouch, presidente da Fundação Jean Rouch e viúva do realizador, estará presente para inaugurar a exposição de fotografia “A descida do rio Niger”. Contam-se ainda as participações e intervenções de nomes como Bernard Surugue, Jean Loïc Portron e Tiago Hespanha.

 O curso de verão Fora de Campo é coordenado por José da Silva Ribeiro e organizado em colaboração com o Grupo de Estudos de Cinema e Narrativas Digitais da AO NORTE. O curso de verão conta também com a participação de Denise Machado Cardoso e Alessandro Ricardo Campos, da Universidade Federal do Pará, e Alice Fátima Martins e Izabela Tamaso, ambas professoras da Universidade Federal de Goiás.

 Esta é apenas uma das muitas atividades da 5ª edição do festival FILMES DO HOMEM, organizado pela Câmara Municipal de Melgaço em parceria com a AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual, que pretende promover e divulgar o cinema etnográfico e social, refletir sobre identidade, memória e fronteira e contribuir para um arquivo audiovisual sobre a região.

 

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta