‘O Mundo ao Contrário’ em Paredes de Coura

Frutillas con Crema (Chile), Jump (Bélgica), Menzo (Argentina), Andrea Farnetani (Itália), Didier Théron (França), Fraser Hooper (Inglaterra), Sílvia Barbosa (Portugal), Cirk About It (Espanha), Jashgawronsky Brothers (Itália), Onewoman Company (Alemanha), Bledam Oz (Austrália/Inglaterra), Circo Ativo (Espanha) e Lusco e Fusco (Espanha), bem como as bandas dos portugueses Fanfarra Bizarra e Irmãos Esferovite prometem voltar a proporcionar muita magia, sonhos e fantasia a todos quantos vão passar por Paredes de Coura neste fim de semana de 27, 28 e 29 de julho, para mais uma edição de ‘O Mundo ao Contrário’.

Ao longo de uma semana, de 23 a 29 de julho, as ruas e largos desta bonita vila no coração do Alto Minho ganharam uma animação sem igual e convidam a participar e assistir a espetáculos de teatro, música, novo circo, cinema, animações de rua, residências artísticas, instalações e oficinas, numa iniciativa dirigida a toda a família e com entrada livre. Organizado pelo Município de Paredes de Coura, ‘O Mundo ao Contrário’ reúne artistas nacionais e estrangeiros que transportam os participantes para um mundo ao contrário onde o riso, o deslumbre, a fantasia, a criatividade, o risco e o absurdo assumem um lugar especial na imaginação dos pequenos e graúdos.

Um leque de excelência de artistas do fantástico e promotores de sonhos trazem ao público de todas as idades a oportunidade de sorrir e até integrar os espetáculos, transformando o óbvio em incompreensível, o real em fantasia pelo que virar tudo ao contrário é nestes dias possível. Têm de ter a capacidade de sonhar e imaginar. Entrem neste mundo de fantasia. Visite Paredes de Coura, que por estes dias também sugere oficinas de artes plásticas, construções LEGO®, robótica, pinturas faciais e leitura que proporcionam a grandes e pequenos liberdade à imaginação e criatividade.

Residências artísticas, oficinas, instalações e construções em LEGO®

As residências artísticas, asseguradas por Gonçalo Fonseca — ator e criador das Comédias do Minho –, decorrerão durante a semana, de 23 a 27 de julho, no Centro Cultural, e destinam-se sobretudo aos jovens que vão criar o espetáculo ‘Um Conto ao Contrário”, que tal como no ‘O Mundo ao Contrário’ também vai virar tudo de pernas para o ar. Mas também há o “Livro do Telhado”, oficina de artes plásticas, numa criação de Rita Nicolau, bem como os contos e cantos da minibiblioteca com a Contadeira.

A imagem do evento e a instalação artística ao longo da rua principal de Paredes de Coura, em construção durante a semana pelas mãos de Madalena Martins, trazem à vila uma nova estética que promete também marcar a diferença.

As oficinas de movimento, robótica e impressão 3D, mas também construções em LEGO® e artes plásticas acrescentam valor a um programa recheado de talento e animação. Por exemplo, no âmbito da robótica e impressão 3D, a Oficina My Robotic Toy propõe uma viagem ao passado com um salto ao futuro tecnológico. Os participantes são convidados a experimentar as consolas de jogos dos anos 80, a criar o seu próprio brinquedo robótico com recurso a impressão 3D e sistemas eletrónicos simples.

Já a oficina “Arte em Peças” – Comunidade 0937 vai decorrer na Caixa de Brinquedos, enquanto a “Ludothéca”, no âmbito dos 10 anos da geminação entre Paredes de Coura e a cidade francesa de Cenon, propõe uma oficina de jogos de tabuleiro, jogos de grandes dimensões, jogos virtuais e um ciber espaço. As pinturas faciais assinadas por Celina Sousa marcam mais uma vez presença, enquanto no fim de semana dos dias 27, 28 e 29 de julho as ruas de Paredes de Coura são percorridas por um divertido comboio turístico, como que se dando a conhecer a miúdos e graúdos os cantos e recantos desta nossa bonita vila, entre muitas outras propostas para rir e divertir, num evento muito especial, onde se vira “de pernas para o ar” a rotina e a rigidez, permitindo que reine o inesperado e a fantasia.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta