Puskas com mural na Câmara de Valença

0 165

puskas valença muralValença já tem um mural de Puskas, um óleo com mais de cinco metros de altura e dois de largura, em que é retratada a história deste concelho, de acordo com a perspetiva deste conceituado artista. Foi colocado no hall de entrada (1º andar) dos Paços do Concelho.

A inauguração ocorreu na última terça-feira e registou a presença do artista, presidente da Câmara e outras autoridades de Valença. A ocasião serviu, também, para uma animação musical proporcionada por jovens da Academia de Música da Fortaleza de Valença.

O “filme” da pintura, a óleo, acompanha, nomeadamente, a fundação da nacionalidade, destacando S. Teotónio, o valenciano que foi o 1º santo português, e a sua proximidade com D. Afonso Henriques, as constantes lutas com Castela na Idade Média, as invasões franceses e o derrube das muralhas.

Além de Valença, de onde são oriundos antepassados familiares, Puskas já tem murais da sua autoria nos municípios de Melgaço, Salvaterra do Miño, Arcos de Valdevez de Ponte da Barca. Na terra de onde é natural, Monção, ainda não tem.

Tal foi pretexto para, durante a inauguração do mural no município valenciano, o presidente deste, Jorge Mendes, desafiar João Oliveira, vice-presidente e vereador da Cultura em Monção, ali presente, para que a autarquia de Deuladeu colaborasse no sentido de ter também um mural concebido por Puskas.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta