2.ª edição do Alto Minho TrEX já decorre no Alto Minho

0
61

Cerca de 60 técnicos oriundos de Portugal, Espanha, Itália, Brasil, EUA e Canadá vão ser reconhecidos internacionalmente nas áreas da extinção de incêndios e do comportamento do fogo, no âmbito da 2.ª edição do Alto Minho TrEX – Training Exchanges, a decorrer até esta sexta-feira. Reconhecida pela National Coordinating Group e pela The Nature Conservancy – Fire Learning Network, estas ações de capacitação são inéditas a nível nacional.

Peritos florestais de seis países estão reunidos, durante esta semana, na região do Alto Minho, para trabalhar juntos e partilhando experiências sobre queimas prescritas, uso do fogo e de conservação em diferentes lugares. O objetivo é que cada participante regresse ao seu local de origem com novos conhecimentos neste campo da segurança e proteção civil.

Fruto da conjugação de sinergias da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho e dos seus Municípios Associados com a experiência e colaboração da entidade norte-americana The Nature Conservancy, o Alto Minho TrEX 2018 proporciona a realização de duas ações de capacitação inéditas, a nível nacional, que acrescentam valor aos 54 técnicos participantes, entre os quais 37 portugueses. Abrangendo as áreas da extinção de incêndios e do comportamento do fogo.

Integrado no projeto da CIM do Alto Minho “Protec|Georisk: Alto Minho 2020” (apoiado pelo PO SEUR), o 2.ª Alto Minho TrEx arrancou em Ponte de Lima, este sábado, 24 de novembro, com um workshop e prolonga-se até esta sexta-feira com diversas ações de capacitação no âmbito do uso do fogo, além de visitas técnicas aos concelhos de Vila Nova de Cerveira e de Valença, bem como atividades de conhecimento da cultura dos concelhos de Monção e de Melgaço.

Na agenda para os próximos dias está ainda prevista, e caso as condições técnicas e meteorológicas o permitam, a dinamização de ações piloto de treino e intercâmbio de técnicas de gestão de eventos de riscos, de preparação técnica de parcelas e de uso do fogo controlado em Paredes de Coura, Arcos de Valdevez e Viana do Castelo.

O programa TrEX é um projeto coordenado pela Fire Learning Network, divisão do organismo The Nature Conservancy e cofinanciado pelos Serviços Florestais dos Estados Unidos da América. Constituída no ano 2008, esta entidade já realizou 99 eventos, gerindo cerca de 50 000 hectares e formando mais de 2 000 profissionais do fogo, investigadores, alunos, proprietários e gestores públicos e pessoas interessadas no bom uso do fogo em geral.

Como pilares básicos, o TrEX pretende divulgar a necessidade do fogo bom entre a sociedade e profissionais, proporcionar treino e capacitação em todos os âmbitos do uso do fogo como ferramenta de gestão da paisagem e conservação de comunidades vegetais, planificação e execução de planos de queimas em diferentes ecossistemas e com diferentes objetivos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here