570 mil euros para duas viaturas pesadas de recolha de resíduos

0
570 mil euros para duas viaturas pesadas de recolha de resíduos

Os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo (SMSBVC) investiram 570 mil euros na aquisição de duas viaturas pesadas para a recolha de resíduos.

Assim, ao abrigo de uma candidatura ao PO-SEUR Portugal 2020 foi adquirido um camião para lavagem de contentores, no valor de cerca de 300 mil euros, e um camião de carga lateral para recolha de resíduos, num investimento de 270 mil euros.

O projeto Viana Abraça, lançado em 2018 pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, em parceria com os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico, pretende reduzir a quantidade de resíduos enviados para aterro, preservando o ambiente e apoiando as instituições de solidariedade social do concelho.

O projeto encontra-se dividido em dois eixos: o eixo rural, que incentiva a separação de resíduos orgânicos através da compostagem doméstica; e o eixo urbano, que incentiva a recolha seletiva de resíduos orgânicos. Estes dois eixos permitem, com a adesão dos vianenses, contribuir para o desvio de resíduos orgânicos do aterro.

A implementação do eixo rural (compostagem doméstica) está já concluída. Registou uma taxa global de adesão de 83% dos utilizadores contactados com sucesso no período de execução compreendido entre julho de 2018 e outubro de 2019. No total, a implementação do projeto desenvolveu perto de 29 mil ações de contacto, tendo captado um total de 7.355 famílias (o equivalente a perto de 21.500 habitantes) e instalado 7.690 kits de compostagem doméstica no Município.

Considerando o número de utilizadores captados no projeto até outubro de 2019 e o coeficiente de fidelização (81%) avaliado no quadro de visitas de acompanhamento aos aderentes, a capacidade de captação de bio-resíduos para valorização orgânica através de compostagem doméstica instalada com a implementação do eixo rural do projeto Viana Abraça ascende a um valor de entre 1.687 a 2.403 toneladas/ano.

As ações de implementação do eixo urbano do projeto Viana Abraça estão em curso desde julho de 2019. Até ao momento, foram instalados 173 contentores de deposição seletiva de bio-resíduos alimentares e captadas 5.449 famílias no projeto, que correspondem mais de 14.000 habitantes da área urbana. Considerando os dados mais recentes, o projeto regista em 2020 uma capitação de recolha seletiva de bio-resíduos de 38 kg/habitante por ano.

Aos benefícios ambientais associados à valorização de bio-resíduos somam-se as vantagens sociais – por cada euro poupado com o desvio de resíduos orgânicos de aterro, a Câmara Municipal junta outro euro para fazer face a necessidades materiais das instituições de solidariedade social do Município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here