Charutos dos Arcos e Roscas de Monção são ‘Maravilhas de Portugal’

0
Charutos dos Arcos e Roscas de Monção são ‘Maravilhas de Portugal’

Os Charutos dos Arcos e as Roscas de Monção foram eleitos com ‘Maravilhas de Portugal’ na especialidade de doces.

As duas doçarias do Alto Minho fazem parte da lista de sete (7) que venceram esta edição das 7 Maravilhas de Portugal.

A Crista de Galo, de Vila Real, a Amêndoa Coberta de Moncorvo e o Mel Biológico do Parque Natural de Montesinho, no distrito de Bragança, o Folar de Olhão, no distrito de Faro, e o Bolinhol de Vizela, no distrito de Braga, foram os restantes vencedores desta edição.

A gala final das 7 Maravilhas – Doces de Portugal, transmitida em direto pela RTP, realizou-se em Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra.

Charutos dos Arcos e Roscas de Monção são ‘Maravilhas de Portugal’

A iniciativa, que tem o Alto Patrocínio da Presidência da República, tem como objetivo, segundo a organização, distinguir “o produto endógeno, a marca da terra, a preservação da qualidade dos ingredientes e a capacidade que o país tem de inovar e de se reinventar nas suas tradições”.

A eleição final resulta do voto do público, mas um painel de especialistas com conhecimento na área da doçaria participa nas fases iniciais do processo de seleção, a partir das candidaturas apresentadas.

A organização do concurso contou com o apoio de um conselho científico composto por várias entidades: Associação Cozinheiros Profissionais de Portugal, Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, Associação Portuguesa de Nutrição, Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas; Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Rede de Instituições Públicas do Ensino Superior com Cursos na área do Turismo e Turismo de Portugal – Escolas.

Desde 2007, foram já escolhidas as 7 Maravilhas de Portugal, de Origem Portuguesa, Naturais, À Mesa, Gastronomia, Praias e Aldeias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here