CIM entrega prémios de concurso escolar “Segredos do Alto Minho”

0
pc 2
pc 3
pc 4
Realizou-se no passado dia 15 de junho, no Centro Cultural de Paredes de Coura, em ambiente de muita expectativa e alegria, a sessão de anúncio dos resultados e entrega dos prémios do Concurso Escolar “Segredos do Alto Minho”, promovido no ano letivo de 2017/2018 pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho). O desafio foi promover o espírito criativo e inovador no território do Alto Minho, através da realização de projetos no âmbito das várias formas de expressão artística: ilustração (pintura ou desenho), criação literária, fotografia, vídeo e multimédia/novas tecnologias.
Perante uma plateia com mais de uma centena de alunos e professores de estabelecimentos de ensino do 1º, 2º e 3º ciclos e do ensino secundário e profissional do Alto Minho, o presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura, Vítor Paulo Pereira, deixou uma mensagem de boas-vindas e de agradecimento a todos os participantes, seguindo-se também as intervenções do primeiro secretário da CIM Alto Minho, Júlio Pereira, e de um dos membros do júri, Álvaro Campelo.
Responderam a este desafio 22 estabelecimentos educativos do Alto Minho, com um total de 46 trabalhos que incidiram sobre um segredo ou uma curiosidade de um dos concelhos do Alto Minho e/ou globalmente do território, números que demonstram o sucesso desta iniciativa.
A seleção dos trabalhos vencedores foi realizada por um júri independente, constituído por elementos com reconhecido mérito ou experiência empírica nas várias formas de expressão artística que integraram o concurso, nomeadamente, Álvaro Campelo, docente da Universidade Fernando Pessoa e vice-presidente do Centro Cultural do Alto Minho; Ricardo Rodrigues, designer e CEO da Blisq Creative, Brand Strategy Agency; e Francisco Trabulo, docente da Escola Superior de Educação, na área artística, e em representação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.
Na categoria “Ilustração”, os três primeiros prémios foram arrecadados pelas escolas do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, do concelho de Caminha. Assim, o primeiro prémio foi conquistado pela Escola EB 1 de Vilar de Mouros (3º e 4º anos), com um conjunto de seis trabalhos que primaram pela originalidade e abrangência alargada da ilustração; seguindo-se a Escola EB 1 de Dem (3º e 4º anos), classificada com o segundo prémio; e, com o terceiro prémio e em Ex aequo, as escolas EB 1 do Vale do Âncora (turma do 4º ano) e de Perafita, Lanhelas (turmas do 1º e 4º anos).
A Escola EB 2,3/S de Caminha, do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, foi a vencedora do primeiro prémio da categoria “Fotografia”, com um trabalho do aluno Leonardo Aragão do 5º C, cabendo o segundo e terceiro prémios, respetivamente, à Escola EB 2,3/S de Caminha, do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, com um trabalho de Maria João Santos do 5º C; e ao Colégio do Minho (6º ano), de Viana do Castelo.
A edição deste ano do concurso escolar integrou uma nova categoria, a de “Criação Literária”, cujo primeiro prémio foi atribuído ao Agrupamento de Escolas de Monção. O júri valorizou a variação de linguagem do texto, a integração de várias lendas no mesmo conto, as rimas diversificadas e a construção do texto.
O primeiro prémio da categoria “Multimédia” foi entregue à ETAP – Escola Profissional (turma do 12º), enquanto que o segundo e terceiros prémios couberam, respetivamente, à Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima (turma do 11º ano) e à ESPROMINHO (turma 32 do 12º ano). Na categoria “Vídeo”, a turma do 8º ano do Colégio do Minho, de Viana do Castelo, arrecadou o único prémio atribuído pelo Júri.
Os prémios foram atribuídos sob a forma de cheque-brinde para a aquisição de material (informático, didático/bibliográfico, etc.) no valor de 500 euros para o primeiro lugar, de 250 euros para o segundo lugar e de 125 euros para o terceiro lugar. A sessão de entrega de prémios teve ainda vários momentos de animação pelo malabarista cómico Tosta Mista e pela Anime Kids, assim como uma exposição paralela com todos os trabalhos concorrentes.
Refira-se que este concurso escolar foi promovido no âmbito das ações do projeto “+REDE” – Coordenação, Dinamização, Acompanhamento e Monitorização Transversal”, do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar – PIICIE “Alto Minho – School 4All,” que está ser dinamizado pela Comunidade Intermunicipal e pelos municípios do Alto Minho, sendo cofinanciado pelo Norte 2020/Fundo Social Europeu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here