Cortinha Velha realiza prova vínica com o Chef Rui Ribeiro no dia 15 de agosto

0

No presente ano, a Cortinha Velha iniciou as provas vínicas na sua adega, em eventos privados e que carecem de reserva, estabelecendo parcerias com outros profissionais e empresas monçanenses.

Assim, e já no próximo sábado, dia 15 de agosto, que a Quinta Cortinha Velha realiza mais um evento. Trata-se de uma prova composta por 4 vinhos:- Escolha 2018 [Alvarinho e Trajadura]; Alvarinho Reserva 2019; Alvarinho Legado de Manuel Covas 2018; e Espumante de Alvarinho Bruto Natural Reserva 2017. Este evento vai contar com a presença do Chef Rui Ribeiro, que ira confecionar uma ‘tapa’ para acompanhar cada vinho.

O evento carece de reserva, podendo a reserva ser efectuada através do website, facebook ou instagram de Cortinha Velha.

Cortinha Velha vai marcando o seu nome no Mundo dos Vinhos, quase dez anos depois da sua criação

O projeto da Cortinha Velha surge como homenagem a Manuel Covas e Maria dos Prazeres que transmitiram à família o valor da terra e das suas raízes.

Numa primeira fase, pela mão dos filhos e, agora, dos netos Pedro e Sara, os vinhos produzidos pela família Covas vão ultrapassando fronteiras e ganhando reconhecimento dos consumidores e profissionais.

Pedro e Sara

Pequenos produtores, fiéis ao terroir de Monção e Melgaço, produzem vinhos apenas com uvas cultivadas e vinificadas nesta Sub-Região, mais concretamente na freguesia de Cambeses, Monção.

Sendo o principal foco de trabalho, a produção de vinhos e espumantes varietais da casta Alvarinho, colocam também no mercado Vinho Rosé e Tinto, elaborados a partir de Vinhão – típica casta da Região dos Vinhos Verdes – um Vinho Branco que resulta da combinação das castas Alvarinho e Trajadura e algumas edições limitadas, nomeadamente, Alvarinho Colheita Tardia [2015] e Alvarinho Legado de Manuel Covas [2018].

Produz, ainda, Vinagre de Alvarinho maturado em barrica de casco de carvalho, um produto diferenciado e que já faz parte das prateleiras de várias lojas Gourmet e cozinhas de hotéis. 

Não baixando nunca as exigências no que diz respeito à qualidade da uva, todos os vinhos Cortinha Velha apresentam Selo de Garantia da Sub-Região de Monção e Melgaço, algo que a família quer manter e defende como valor acrescentado de qualquer vinho produzido neste território.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here