CRAV – Clube de Rugby de Arcos de Valdevez

0
CRAV - Clube de Rugby de Arcos de Valdevez

CRAV – Clube de Rugby de Arcos de Valdevez. Fundado em 1981, o CRAV – Clube de Rugby de Arcos de Valdevez – é uma referência no rugby nacional, assumindo o papel de clube mais representativo fora dos grandes centros urbanos, numa modalidade com os clubes de referência sediados em Lisboa, Coimbra e Porto. 

O Clube tem mais de 35 anos de existência e  assume, nos dias atuais, um forte protagonismo no desporto regional e nacional.

Com o novo Estádio Municipal (relva sintética), preparado para acolher jogos de rugby, juntamente com o campo de rugby de relva natural existente, o clube possui das melhores infraestruturas no país para a prática da modalidade.

Com várias presenças no escalão mais alto do rugby nacional, praticantes de todas as idades e ambos os géneros a começar nos 5 anos, cerca de 170 atletas, e vários praticantes nas diversas seleções nacionais, fazem do CRAV um caso singular e de sucesso no Rugby português.

Nos dias que correm, o CRAV, tem equipas de  formação de Sub-8;10; 12; 14;  num total de, aproximadamente, 40 jovens. Em pré-competição tem os sub-16 e 18, com 50 atletas. Em competição possui os sénior “A”, com 35 jogadores, a equipa sénior “B”, com 25 praticantes; a equipa feminina com 15 atletas e os veteranos com 20.

O Presidente do clube é Fernando José Manso que conta com uma direção com cerca de 19 elementos.

CRAV - Clube de Rugby de Arcos de Valdevez

Um dos destaques deste clube é o rugby feminino que surgiu poucos anos depois da criação do clube e foi uma da pioneiras do rugby feminino em Portugal.

Na Seleção Nacional Feminina o CRAV esteve representado por diversas jogadoras, tendo mesmo cinco das suas atletas feito parte da 1.ª seleção feminina. Depois, ainda se destaca, em presenças posteriores, Bárbara Viana (Capitã da Seleção Nacional), Sara Lago, Catarina Barbosa e Antónia Braga.

Desde então, esta é uma das “bandeiras” do clube. Embora o rugby seja um desporto de intenso contacto físico (duro, mas não violento), normalmente, os jogadores de rugby são pessoas de boa formação, determinadas e leais para com os colegas e adversários. Essa forma de estar na vida e transportada para a sociedade em geral.,

“O futebol é um desporto de cavalheiros praticado por brutos. O rugby é um desporto de brutos praticado por cavalheiros.” Winston Churchill

O Clube possui uma imagem de sucesso na região. O CRAV, mais do que uma vila, representa toda uma região, no panorama do desporto nacional de alta competição e é uma das poucas equipas do distrito a disputar um Campeonato Nacional no seu escalão máximo.

No seu longo historial ainda se destaca, para além dos títulos já referidos, a presença de vários atletas em representação da seleção nacional.

CRAV - Clube de Rugby de Arcos de Valdevez

A história

 

O Clube foi fundado em 9 de Julho de 1981, por um grupo de jovens que apanhou o “bichinho” do rugby no decorrer da sua vivência académica, em cidades como o Porto e Coimbra.

A mentalidade ganhadora confunde-se com a própria criação da equipa pois, logo na época a seguir (1982/1983), o CRAV ganha o título de Campeão Nacional da Terceira Divisão.

O ano de 1983 foi de grande importância para o clube. Foi nesse ano que se ativaram as camadas jovens, que impulsionaram, nos dias de hoje, o Rugby Minhoto para a ribalta do desporto a nível nacional.

A 1 de Maio de 1986, era inaugurado o Campo Relvado da Coutada, espaço criado e cedido para a prática exclusiva do Rugby .

Com apenas seis anos de existência, em 1986/87, o CRAV ascende à 1ª divisão.

Após um convívio de quatro anos com “grandes” o CRAV desceu de divisão, para voltar a subir no ano imediatamente a seguir (1991/92), com o título de Campeão Nacional da 2.ª Divisão, e mantém, desde aí, o estatuto de uma das equipas mais regulares desta competitiva prova. Em 2002/2003, os Campeonatos foram reestruturados, ditando a passagem do CRAV para a 1ª divisão, onde esteve sempre classificado no grupo das primeiras quatro equipas.

Em 2009/2010 e de 2017/2018 a sua equipa sénior sagrou-se campeã nacional da 1ª divisão. Também os Sub18, na época 2017/2018, conquistaram o Campeonato Nacional da série B.

A imagem CRAV

CRAV - Clube de Rugby de Arcos de Valdevez

A nova imagem de marca do Clube de Rugby de Arcos de Valdevez foi desenvolvida pela designer Sara Pimenta, e pretende transmitir uma ideia de modernidade, organização e interação.

Com esta imagem, ao mesmo tempo que mostra a forte ligação do clube à sua terra, transparecem os seus valores: o companheirismo, a união e o espírito de equipa, a força, a solidez, o equilíbrio e a disciplina.

Arcos Sevens

O clube organiza desde 1989 o Torneio Internacional Arcos Sevens, e que conta desde o seu início com a participação de equipas de diversos países (Portugal; Espanha; França; Irlanda).

Este é um dos momentos altos da época do clube, porque devido à já grande tradição do torneio, leva a que muita da população de Arcos de Valdevez se desloque ao estádio municipal, para ver alguns dos melhores jogadores nacionais e presenças assíduas na seleção portuguesa desta variante do rugby.

 

O clube tem já uma larga tradição nesta competição participando, habitualmente, em vários torneios internacionais, e tendo a equipa sénior do clube ganho já diversos títulos em vários torneios, dos quais se destaca: vencedor do Sevens de Coimbra; vencedor da «Copa Beefeater» no I Torneio Internacional de Santiago de Compostela, ambos em 1993; vencedor do «Trofeo C.R.C.» em Santiago de Compostela e novamente do Sevens de Coimbra em 1994; vencedor do Arcos Sevens em 1995/97 e 2000; vencedor do torneio «Villa de Allariz» em 1995/96/97/98/99; e ainda Vencedor da «Taça Primavera» do Lisboa Seven’s em 1997.

O clube e as escolas

O Clube, ao longo dos anos, tem levado a cabo várias atividades junto dos agrupamentos de escolas de Arcos de Valdevez e também na vila vizinha de Ponte da Barca. O grande objetivo destas atividades  é mostrar e desmistificar junto dos mais novos o que é o rugby, e também o que é o clube e  as suas atividades. Estas ações têm ainda o objetivo de cativar os mais novos para a pratica da modalidade.

CRAV - Clube de Rugby de Arcos de Valdevez

Formação de treinadores e diretores

Uma das principais preocupações do clube é a formação de todos aqueles que estão em contacto com os atletas desde os mais novos até aos seniores. Para tal, os seus treinadores são certificados e recebem formação anual junto das entidades responsáveis pelo desporto e pela modalidade em Portugal, como são os casos do Instituto do Desporto de Portugal e da Federação Portuguesa de Rugby. Ou pela International Rugby Board.

Outra vertente, e não menos importante, é a formação dos diretores,  já que são eles que muitas vezes estão em contacto com os atletas e os pais dos atletas.

CRAV - Clube de Rugby de Arcos de Valdevez

Devido às condições que o clube oferece tanto a nível de infraestruturas desportivas, como de espaços especializados, muitas vezes é escolhido como o local para a realização das mais diversas formações organizadas pela FPR.

Para além das formações, o clube tem por hábito organizar as “Jornadas do CRAV”, envolvendo várias pessoas a si ligadas, proporcionando uma troca de ideias entre os seus vários setores e também dando a possibilidade a atletas e ex-atletas de se pronunciarem sobre a vida do clube, e exporem as suas ideias para o melhoramento do mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here