Diferenças entre homens e mulheres. 

0
Diferenças entre homens e mulheres

Diferenças entre homens e mulheres. Os homens e as mulheres muitas vezes têm opiniões diferentes sobre o sexo – desde a frequência que cada um acha ideal até à posição favorita e à hora que se prefere para fazer o amor. Por sorte, todos concordamos numa coisa: O sexo é uma coisa muito boa.

A sexualidade é algo de único em cada indivíduo e há muitos factores que afectam as nossas necessidades sexuais. Entre outros, factores relacionados com o nosso estilo de vida, o nosso perfil de excitação, o nosso género e mesmo os nossos laços históricos com o sexo e os relacionamentos determinam como e quando queremos ter sexo.

Fatores de excitação

As mulheres têm laços fortes com a sua sexualidade, mas não têm sexo como um homem. Quando um homem vê uma imagem sexy – como a visão da parceira inclinada quando está a fazer as limpezas, ou um vislumbre da sua pele nua – fica excitado e pode reagir encostando-se à parceira, procurando ter sexo nesse instante. As mulheres também se sentem excitadas com estímulos visuais, mas tendem a precisar mais de estímulos cinestésicos – como carícias, beijos e  abraços – para chegarem ao ponto de quererem ter sexo.

Os homens adoram o imediatismo da excitação e gostam de seduzir a mulher. As mulheres, por outro lado, gostam da intimidade das carícias, do beijo e do toque.

Os homens tendem a acordar com uma ereção e as mulheres preferem ter sexo à noite.

Tarefas e sexo

Às mulheres, custa mais desligarem-se das preocupações e, simplesmente, concentrarem-se no sexo. Muitas vezes estão a pensar nos trabalhos de casa dos filhos, na roupa que há para lavar, na comida, ou na reunião importante que vão ter no dia seguinte. É mais fácil para os homens abstraírem-se das suas preocupações e tirarem o máximo partido do sexo.

Estas necessidades sexuais diferenciadas podem causar problemas nas relações, porque nenhum dos parceiros compreende as necessidades do outro. É importante sermos honestos acerca das diferenças que sentimos.

A geração da mudança de papéis

A atual mudança de papéis dos homens e das mulheres está a obrigar muitos casais a repensarem o seu lugar nas relações. Homens que ganham menos do que as suas parceiras, ou que ficam em casa a cuidar das tarefas domesticas, por exemplo, podem ter dificuldade em afirmar-se na intimidade. 

Para além disso, uma das tendências mais frequentes é a confusão de géneros nas mulheres. Na sociedade atual, a última coisa que as mulheres gostam de mostrar é alguma fraqueza ou emoção. Esta atitude pode transpor-se para as suas relações pessoais.

Uma mulher autónoma é autoconfiante ao mesmo tempo que permite que o homem sinta que é ele a mandar no domínio  da sexualidade. À medida que os papéis sociais evoluem e mudam, os casais devem estar preparados para algumas alterações na sua vida íntima – mas desde que haja compromisso e igualdade, o sexo até pode sair  a ganhar com estas turbulências.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here