Expovez 2018

0

No fim de semana de 4 a 6 de Maio decorreu a 19ª edição da Expovez – Feira do Alto Minho, em Arcos de Valdevez

Este certame é organizado em parceria pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, a ACIAB – Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a In.Cubo e a ARDAL – Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima.

No ano seguinte a ter atingido a maioridade a Expovez afirma-se, cada vez mais, como um espaço de dinamização das atividades económicas do concelho, bem como montra privilegiada de promoção do concelho e da sua oferta, nomeadamente, ao nível do turismo de natureza.

Para além de diversas iniciativas de caráter cultural, que em muito contribuíram para a animação do certame, a Expovez contou com a presença de cerca de 150 expositores ligados a vários sectores de atividade, nomeadamente do comércio, serviços, indústria, artesanato, restauração, agricultura e turismo, bem como as novas tecnologias de empresas vocacionadas para a exportação.

Esta variedade de expositores permite dar a conhecer a um universo alargado de pessoas o que de melhor se faz no Alto Minho e em particular em Arcos de Valdevez e desta forma promover a economia local nas suas diversas vertentes promovendo e dinamizando a economia circular.

Pois, quem por lá passou, e foram uns largos milhares de visitantes, pôde verificar in loco uma perfeita harmonia entre a tradição e a inovação que ali coabitaram lado a lado e que nos dão a conhecer as diversas vertentes de que é composto o tecido económico do concelho.  Apenas para exemplificar no interior do Centro de Exposições pôde contactar-se com dezenas de espaços destinados à promoção e valorização do comércio, serviços e indústria, enquanto no exterior pôde contactar com uma variada exposição de produtos locais, artesanato e turismo, bem como com a participação do setor agrícola que nos dá a conhecer diversas raças autóctones, e ainda hortos.

Por fim, mas não menos importante, contou também com um espaço dedicado à gastronomia, onde marcaram presença várias tasquinhas onde foram servidos os petiscos e os excelentes vinhos verdes da nossa região.

De salientar que este género de eventos têm vários virtuosismos, como seja o facto de permitir que os diversos agentes económicos possam interagir entre si, ou o facto de, para quem os visita, poderem a contactar com as diversas ofertas que o concelho lhes pode oferecer, bem como em muito contribui para que territórios de baixa densidade possam ser encarados como locais de atratividade para a fixação das novas gerações, em que vale a pena viver, trabalhar, visitar e investir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here