Festival Internacional de Documentário de Melgaço, em S. Paulo

0
Festival Internacional de Documentário de Melgaço, em S. Paulo
Festival Internacional de Documentário de Melgaço, em S. Paulo

O Festival Internacional de Documentário de Melgaço foi representado, entre os dias 5 a 10 de novembro de 2018, na cidade de São Paulo, no Brasil. A iniciativa, designada “Etnografias Audiovisuais: A Humanidade através das Lentes”, foi marcada por uma seleção de  filmes exibidos em Melgaço, no âmbito do festival, entre 2016 e 2018, assim como pela realização de três oficinas.

A mostra foi organizada por colaboradores da AO NORTE no Brasil, em parceria com o núcleo DIVERSITAS da Universidade de São Paulo, tendo a grande parte das exibições ocorrido na Matilha Cultural, um espaço de cultura e arte independente no coração de São Paulo dedicado a causas ambientais e dos direitos humanos.

O programa foi assegurado por professores da Universidade de São Paulo com a colaboração dos seus alunos. Foi também um encontro dos colaboradores da AO NORTE no Brasil, tendo a Associação sido representada também por um dos seus associados de Portugal. Esta representação significou mais um passo na solidificação da extensa rede de relações estabelecida a partir de Melgaço para o resto do mundo, estabelecendo o Festival Internacional de Documentário de Melgaço como ponto de referência e âncora para colaborações futuras.   

Tratou-se da primeira internacionalização do Festival Internacional de Documentário de Melgaço, motivada pelo estabelecimento de pontes entre Portugal e o Brasil. Uma relação que tem vindo a ser estabelecida pela colaboração estreita com investigadores e cineastas ao longo das várias edições do Festival, nomeadamente nas consecutivas celebrações do curso de verão Fora de Campo.

Para esta primeira edição de uma extensão internacional do Festival Internacional de Documentário de Melgaço, foram realizadas duas oficinas intituladas “História Fotografada, História Compartilhada”. Estas oficinas congregaram o trabalho feito no contexto do Festival com fotografias de álbuns pessoais. Foi apresentado o projeto Quem Somos Os Que Aqui Estamos, realizado pela AO NORTE com a coordenação de Álvaro Domingues e o apoio da União de Freguesias de Parada do Monte e Cubalhão, e da Câmara Municipal de Melgaço. Falou-se da história do concelho de Melgaço e a sua relação com a emigração para a França, tendo este trabalho dialogado com projetos semelhantes de alunos da Faculdade de Tecnologia de São Paulo.

Prevê-se que desta deslocação internacional do Festival Internacional de Documentário de Melgaço resulte uma apresentação na edição de 2019 do Festival, no curso de verão Fora de Campo, com a presença dos colaboradores do Brasil e a apresentação dos trabalhos de alunos que participaram nas oficinas “História Fotografada, História Compartilhada”. Pretende-se, também, que esta edição brasileira do Festival se venha a repetir em 2019, com uma nova mostra e novas atividades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here