Opinião Luís Ceia | Iniciativa “Embaixadorias”

0

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e em particular a Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, na pessoa do Dr. Luís Campos Ferreira, estão de parabéns pela iniciativa “Embaixadorias”.

Através desta iniciativa, o Alto Minho pôde mostrar as suas potencialidades a uma dezena de embaixadores de países da América do Sul que aqui se deslocaram na delegação presidida pelo Dr. Luís Campos Ferreira. Tratou-se de uma missão onde a simpatia e profissionalismo se confundiram, o que reconheça-se, melhora e muito os resultados. Através de uma visita curta mas intensa e potencialmente profícua, os embaixadores dos países representados, testemunharam aquilo que de melhor o Alto Minho tem para oferecer.

Numa intervenção, a convite da CIM Alto Minho, tive a incumbência de apresentar as melhores razões para investir no Alto Minho, aliando as emoções que o território desperta em quem o visita. Tivemos todos os presentes a oportunidade de assistir a um excelente vídeo promocional que a CIM Alto Minho produziu sobre a região. Como referi na sessão, as imagens valem por mil palavras, mas infelizmente ainda não conseguem transmitir o odor, o toque, o sentir, no fundo as emoções do território. Com a visita in loco do senhor embaixador, embora curta, acrescentou-se e valorizou-se e muito a já de si bem conseguida produção audiovisual. A apresentação foi condimentada, pois a assistência já tinha “provado” o território. Aqueles que a presenciaram conseguiram vê-la noutras dimensões que só a experiência do usufruto permite.

São experiências destas que promovem o país, neste caso a região. O senhor Secretário de Estado, numa iniciativa a todos os títulos louvável, percebeu atempadamente que este era e é o caminho, estar presente, próximo, falar com quem tem alma. Era muito mais fácil, encaixotar uma panóplia de brochuras e fazer uma sessão em Lisboa no conforto da capital. Os resultados contudo seriam bem diferentes. Seria mais uma sessão de cumprimentos, muita simpatia, muita diplomacia, mas certamente não conseguiríamos apresentar o território em todas as suas dimensões.

Os senhores embaixadores poderão agora, em discurso direto, transmitir as emoções do nosso território aos agentes dos seus países. Foi isso que lhes foi pedido, sabemos que o farão com muito entusiamo, pudemos comprovar essa vontade.

As portas desse grande continente ficaram mais abertas, o Alto Minho entrou pela porta grande! Iniciativa para repetir, senhor Secretário de Estado disponha de nós, use e abuse. A região muito agradecerá!

Luís Ceia, Presidente da CEVAL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here