Monção com cerca de quatro dezenas de presépios ao ar livre

0

A Câmara Municipal de Monção voltou a lançar o desafio ao movimento associativo do concelho para a criação de um roteiro de presépios ao ar livre. 39 coletividades responderam à chamada, resultando numa rede de presépios apelativos e diversificados. A colocação decorre durante o dia e a noite de hoje, podendo ser visualizados, entre os dias 8 de dezembro e 2 de janeiro.

Desta forma, quem visitar a localidade de Monção, transformada em “Vila Mágica” neste período de Natal, vai deparar-se com criatividade a cada passo, autenticidade em cada recanto e originalidade em cada esquina. Podem ser vistos no centro histórico da vila e avenidas/urbanizações envolventes.

Para facilitar o percurso, a autarquia disponibiliza um desdobrável com mapa, localização dos presépios e coletividades promotoras. Peça-o na Loja Interativa de Turismo, Praça Deu-la-Deu, e parta à descoberta destas maravilhas executadas pelas associações locais.

O périplo pelo roteiro de presépios ao ar livre pode ser complementado por uma deslocação ao Mercado de Natal, na Praça Deu-la-Deu, e por uma visita à zona dos divertimentos na Avenida da Antiga Estação da CP, onde está localizada a pista de gelo natural, insufláveis, carrosséis, carrinhos de choque e elásticos.

A partir do dia 14 de dezembro, estará patente ao público, na Praça Deu-la-Deu, uma carpa grande, onde terão lugar as oficinas de trabalho “Árvore dos Sonhos” e “Construção de Presépio”, sessões de cinema, atuações musicais e espetáculos de teatro e dança.

Nesta área, cujas atividades contam com a colaboração da Comissão de Festas em Honra à Virgem das Dores 2019, o público pode ainda degustar produtos alusivos à época, bem como participar no Brinde de Natal, dia 24, e no Brinde de Ano Velho, dia 31.

Até ao final do mês, o programa natalício reserva ainda concertos de Natal, pela Banda Musical de Monção e Banda Musical da Casa do Povo de Tangil, a chegada do Pai Natal em mota, bicicleta e barco e a Prova Solidária S. Silvestre, unindo Monção e Salvaterra de Miño.

“Este ano, temos mais dez presépios que o ano anterior. É gratificante verificarmos que o movimento associativo está ativo e dinâmico, representando uma mais valia para o nosso concelho” – referiu, a propósito, António Barbosa, presidente da Câmara Municipal.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here