Mural com 23 metros de comprimento do Interface de Transportes concluído

0

O mural de 23 metros de comprimento por 4,5 metros de altura numa parede do Interface de Transportes da cidade, com o objetivo de se tornar “um postal de visita para quem visita Viana do Castelo” está concluído, depois de quase dois meses de trabalho a cargo do autor: Cipriano Oquiniame. Hoje, recebeu a visita do presidente da Câmara Municipal, que salientou que a obra é a prova do amor de Viana.

Cipriano Oquiniame nasceu em Cacheu, na Guiné-Bissau, há 42 anos. Reside e trabalha em Viana do Castelo há já 20 anos e, ao longo destas duas décadas, tem pintado as tradições do concelho e o contexto histórico, patrimonial e cultural da capital do Alto Minho. Para o autor, esta é uma obra que nasce com o intuito de se tornar um postal de visita da cidade, enriquecendo a parede do Interface de Transportes, espaço da Câmara Municipal de Viana do Castelo que recebe a visita milhares de pessoas todos os meses.

O artista assumiu que a pintura “se apresenta como um resumo daquilo que a cidade e o concelho de melhor têm para oferecer”, incluindo múltiplas referências ao património histórico e cultural, desde o Templo-Monumento de Santa Luzia, a centenária Ponte Eiffel e a Praça da República, passando pela coleção de faiança do Museu de Artes Decorativas, entre muito mais.

Neste mural encontram-se ainda referências aos pescadores e à Senhora da Agonia, ao Traje à Vianesa, brincos à rainha, ao ribombar dos bombos e até aos famosos Cabeçudos e Gigantones que enchem de cor e de alegria a maior romaria do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here