Polícia Marítima de Caminha resgata 5 pessoas no rio Minho

0

A Polícia Marítima de Caminha resgatou, no dia 22 de agosto, três adultos e duas crianças, do troço internacional do rio Minho (TIRM), após acidente com a sua embarcação de recreio.

Estas 5 pessoas, 4 de nacionalidade francesa e um português, encontravam-se no rio Minho com uma mota de água e uma boia que estava a ser rebocada com 2 dessas pessoas.

O alerta foi dado pelas 18:00 indicando que as três pessoas que estavam na mota de água se encontravam impossibilitadas de regressar a terra, por terem batido com a embarcação no fundo, ficando sem propulsão e à deriva. Foram ativados os meios para resgate, com uma embarcação e uma viatura TT da Polícia Marítima de Caminha com quatro operacionais, os Bombeiros Voluntários de Caminha que disponibilizaram 1 veiculo e 3 ambulâncias com 8 homens e também o apoio de 2 ambulâncias do INEM.

As operações tiveram como maior obstáculo o denso nevoeiro que se verificava na altura no rio e que dificultou a localização dos náufragos.

Através do permanente contacto telefónico com uma das três pessoas que se encontravam agarradas à mota de água, a embarcação da Polícia Marítima de Caminha conseguiu localizar e resgatar três náufragos perto da margem espanhola do rio. Posteriormente, os mesmos Agentes da Polícia Marítima conseguiram resgatar os outros dois acidentados que se encontravam isolados numa das ilhas que se formam durante a baixa mar no TIRM, perto de onde a mota de água tinha tido o seu acidente.

Todos os náufragos foram assistidos no local pelos meios dos Bombeiros Voluntários de Caminha e do INEM, sendo que quatro destas pessoas foram encaminhadas para o Hospital de Viana do Castelo por apresentarem sintomas de hipotermia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here