‘Ponte de Lima é Uma Surpresa’ com 32 espetáculos para “regressar à normalidade possível”

0

“Ponte de Lima é Uma Surpresa” é o mais recente projeto cultural que o Município de Ponte de Lima apresentou como “um programa inovador e que vai permitir usufruir gratuitamente de espetáculos culturais, cumprindo todas as regras de segurança da Direção Geral de Saúde”, disse o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Victor Mendes.

Ponte de Lima, ao longo do ano, apresenta um conjunto de eventos, espetáculos e diferenciadas manifestações, na sua grande maior de índole cultural e de lazer, não o podendo realizar este ano devido ao surto de Covid-19 que estamos a viver e que obrigou a um sem número de cancelamentos e de reagendamentos.

O autarca reforçou que este “é um espetáculo que a lei prevê, sem grandes multidões e não irá comprometer o controlo da pandemia, pois obedecerá a um Plano de Contingência elaborado para o recinto e para o evento Ponte de Lima é Uma Surpresa”.

Contudo, nesta fase denominada de desconfinamento e de alerta, torna-se imperioso regressar à normalidade possível, para bem da economia e do bem-estar dos cidadãos, pelo que o Executivo Municipal entende ser de toda a oportunidade a realização deste evento que, muito para além da componente lúdica e cultural, poderá transformar-se em diversificados momentos pedagógicos que nos irão preparar para assistir a espetáculos ao vivo nos tempos mais próximos.

“Ponte de Lima é Uma Surpresa” vai decorrer ao ar livre, na Praça em frente ao Pavilhão de Feiras e Exposições, na Expolima, de 14 de julho a 14 de agosto. Durante 32 dias consecutivos terão lugar igual número de espetáculos, três deles em duas sessões, para permitirem aos mais novos estar presentes na companhia das famílias, no que se denominou “Ponte de Lima é Uma Surpresa”, devido ao facto das datas de cada espetáculo só serem divulgadas com quatro ou cinco dias de antecedência, motivando a procura, alguma expectativa, maior curiosidade e uma maior atratividade por Ponte de Lima da parte de visitantes e turistas e evitando aglomerações desnecessárias que se não querem em tempos de pandemia.

“Ponte de Lima é Uma Surpresa” representa um investimento do Município de Ponte de Lima, no valor de 60.000€.

A abertura do evento, a 14 de julho, às 22h00, conta com a atuação de Rogério Charraz, cantautor Sintrense já com 4 discos editados em nome próprio e colaborações com Fausto Bordalo Dias, José Mário Branco, Rui Veloso, Júlio Resende, Ricardo Ribeiro, Luanda Cozetti, entre muitos outros. O seu mais recente disco tem como título “Rogério Charraz 4.0” e é um registo ao vivo do espetáculo que nos últimos dois anos percorreu o País, passando por várias salas icónicas e pelo cartaz de festas e festivais.

No dia seguinte, 15 de julho, às 22h00, subirá ao palco a formação Still Life, composta pela italiana Margherita Abita e o violinista limiano João Silva, que mais uma vez é convidado do Município para tocar para os seus conterrâneos. João Silva, violinista profissional, natural de Freixo, Ponte de Lima, é um dos 14 semi-finalistas do Seifert Competition, o mais importante concurso mundial para violinistas de jazz, cuja meia-final ocorrerá no próximo dia 8 de julho e, no caso de passar à final, a mesma terá lugar dois dias depois, a 10 de julho.

Nos dois dias seguintes, 16 e 17 de julho, teremos circo contemporâneo com sessões às 19 e às 22h00, pela Companhia Erva Daninha, do Porto, que trará a Ponte de Lima dois espetáculos em estreia.

No dia 15, o espetáculo Ready. Neste espetáculo, os artistas basearam a investigação em movimentos de lutas, lutas guerreiras sublimadas e dissimuladas por danças. Agem com o malabarismo contemporâneo como linguagem de composição, malabarismo transformado e alterado mantendo a linha de risco e desafio que reconhecem na transformação do circo.

Por sua vez, o espetáculo Por um Fio terá lugar a 16 de julho, como se disse, às 19h00 e às 22h00. Através de um espetáculo de circo, dois intérpretes utilizam a acrobacia aérea como técnica para procurarem continuamente o equilíbrio entre dois corpos.

De acordo com o Plano de Contingência do recinto e do evento, a lotação máxima será de 300 lugares sentados, devidamente espaçados, podendo ser reduzida de acordo com a natureza do espetáculo.

  • Será proibido assistir aos espetáculos em pé.
  • Os bilhetes, obrigatórios para entrada, serão gratuitos e poderão ser levantados, dois por pessoa, no Teatro Diogo Bernardes, a partir das 10h00 e até às 17h30, de segunda a sexta-feira e a partir das 20h00 na entrada do recinto dos espetáculos; aos fins-de-semana, poderão ser levantados, também dois por pessoa, a partir das 17h00 na entrada do recinto dos espetáculos.
  • As portas abrirão, pelo menos, uma hora antes do início dos espetáculos e pede-se aos espectadores que compareçam mais cedo, com, pelo menos, meia hora de antecedência para se efetuarem todos os procedimentos de segurança.
  • Obrigatório o distanciamento físico de 2 metros no acesso ao recinto.
  • Obrigatório o uso de máscara desde o acesso e em todo o tempo que permanecerem no recinto dos espetáculos.
  • À entrada no recinto realizar-se-á a medição da temperatura corporal de cada espectador e cada um deve proceder à obrigatória higienização das mãos.
  • Os espetáculos terão início à hora marcada e a organização poderá impedir o acesso depois do início dos espetáculos.
  • Qualquer espectador que abandone o recinto só pode voltar ao mesmo com novo bilhete, caso haja disponibilidade, cumprindo, novamente, todos os procedimentos de segurança e sem garantia do lugar ocupado previamente.
  • Os espectadores devem cumprir rigorosamente todas as instruções dos assistentes, devidamente identificados e em caso algum poderão deslocar as cadeiras e/ou trocar de lugares.
  • Apenas será permitido o acesso às instalações sanitárias a duas pessoas de cada vez.
  • No final de cada espetáculo, os espectadores deverão permanecer sentados nos seus lugares até serem instruídos pelos assistentes para abandonar o recinto por local diferente da entrada, de forma disciplinada e respeitando o distanciamento físico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here