Serralves em Ponte de Lima com Exposição “A Minha Casa é a Tua Casa”

0
Serralves em Ponte de Lima com Exposição “A Minha Casa é a Tua Casa”

Serralves em Ponte de Lima com Exposição “A Minha Casa é a Tua Casa”. O Palacete Villa Moraes e a Torre de Cadeia Velha são os edifícios que recebem a exposição temporária A Minha Casa é a Tua Casa: Imagens do Doméstico e do Urbano na Coleção de Serralves”.

A inauguração oficial realizou-se no dia 25 de junho e contou com a presença de Victor Mendes, Presidente da Câmara Municipal, Ana Pinho, Presidente do Conselho de Administração da Fundação Serralves, e Philippe Vergne Diretor do Museu de Arte Contemporânea de Serralves.

Esta iniciativa cultural surge na sequência de um protocolo entre o Ponte de Lima e a Fundação de Serralves, pelo qual o Município acedeu ao Estatuto de Fundador de Serralves estabelecendo uma cooperação duradoura entre ambas as instituições.

Organizada pelo Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, esta mostra itinerante, traz a Ponte de Lima obras que se encontram à guarda daquela reputada instituição cultural do nosso país.

Serralves em Ponte de Lima com Exposição “A Minha Casa é a Tua Casa”

Segundo a curadora da exposição, Paula Fernandes, “os artistas e as obras nela apresentados colocam o doméstico no centro das suas preocupações, propondo diferentes interpretações daquilo que se entende por casa.” As casas imaginadas por artistas serão temporariamente a nossa casa.

“A importância das várias parcerias que Serralves tem efetuado com autarquias e outras entidades, uma mais-valia para mostrar a arte contemporânea (..) mostrar o que é feito pelos nossos artistas contemporâneos, sendo esta parceria com Ponte de Lima um exemplo, pela forma como acolhem o projeto Serralves”, disse Ana Pinho.

Por sua vez, Victor Mendes, revelou que “para nós é um orgulho integrarmos esta Fundação, que é hoje um exemplo a nível nacional e internacional”. O autarca ressalvou ainda que “foi graças ao apoio dos mecenas que apresentamos esta exposição itinerante em dois edifícios emblemáticos da Vila de Ponte de Lima”, considerando que “fazemos uma aposta forte na cultura, pois acreditamos que a sustentabilidade de um território tem que estar ligado à Cultura”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here