SkyMarathon Serra Amarela :: ‘Região devia tornar-se a Capital do Trail Running Nacional’

0
488

A 10 de junho, dia de Portugal, Ponte da Barca recebe a primeira edição do SkyMarathon Serra Amarela, uma prova que marcará a página de um dos desportos que mais crescem no Mundo: a Corrida em Natureza.

O Skyrunning, na vertente de Corrida de Montanha, levará os seus participantes a percorrer trilhos inóspitos, aldeias preservadas, castelos, rios, vegetação luxuriante e verdejante, com vistas incríveis sobre os espelhos de água da Albufeira de Vilarinho das Furnas e da Albufeira de Tamente, neste maciço montanhoso do único Parque Nacional de Portugal – o da Peneda-Gerês.

Com inicio e fim na Aldeia de Entre Ambos os Rios, este evento terá várias distâncias e será acessível a todos. A prova rainha terá cerca de 48 kms e fará parte da Taça de Portugal SKY da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

O promotor deste evento é Carlos Sá Nature Events, em parceria com o Município de Ponte da Barca. Quisemos saber um pouco mais sobre esta extraordinária prova e sobre esta nova moda das caminhadas e do running e para tal, conversamos com Carlos Sá que nos falou, abertamente, sobre estes e outros temas.

O running está na moda em Portugal?

O Running e as caminhadas só estão na moda porque éramos um país completamente sedentário, e estamos no início de uma mudança de hábitos, este tipo de atividade é indispensável para o bem da saúde publica.

Somos ainda somente 10% da população portuguesa a praticar desporto com regularidade, portanto, números alarmantes e com um potencial de crescimento brutal e urgente.

De tal forma que depois das consultas de saúde oral, no próximo ano alguns centros de saúde vão passar a ter consultas para prescrição de exercício físico. E já este ano os médicos de família vão começar a fazer perguntas para perceber o nível de atividade física dos utentes e terão um guia para lhes darem conselhos sobre atividade física a praticar.

DipticoSerraAmarelaSkyMarathon-2 cópia

Por quê a Serra Amarela?

A Serra Amarela têm um potencial tremendo para a pratica de desportos de natureza, a vertente do concelho de Ponte da Barca já foi palco da Open Race do Campeonato do Mundo de Trail 2016, e uma abordagem no ano seguinte da Federação Internacional para se realizar o Campeonato Europeu de Sky Running.

Unindo as vontades do Município, Federação e da Carlos Sá Nature Events surge o projeto da Serra Amarela Sky Marathon.

Qual é o estado do running, em Portugal, e no Alto Minho, em específico?

O Running e o Trail são os desporto que mais crescem no país e talvez no mundo. Longe vai a ideia que a corrida era o desporto dos pobres e que era aborrecido correr. Hoje, os cidadãos portugueses têm prazer em explorar a natureza a correr, superar os seus desafios pessoais e preocupações com o seu estado de saúde.

O Alto Minho é uma referencia, quer na corrida com grande símbolos, como no Trail Running. Temos muitos dos melhores atletas nacionais, provas e equipas de referência e tivemos o primeiro Mundial organizado no nosso país, portanto somos um grande motor nesta disciplina do desporto Nacional.

Que dificuldades encontra na hora de organizar e desenvolver estas provas?

Estamos numa serra muito sensível em termos ambientais, por isso, definir muito bem os trilhos em articulação com os Baldios e ICNF é fundamental para minimizar esse impacto. Temos a destacar que, felizmente, algumas aldeias envolventes a esta magnífica Serra têm excelentes condições logísticas para criarmos as bases de apoio a um evento desta natureza.

O apoio das entidades competentes é suficiente ou escasso?

Os Municípios apoiam no que está ao seu alcance neste tipo de iniciativas, mas cabe às entidades nacionais olharem da mesma forma para o desporto e ajudarem quer os atletas, quer as organizações, de forma a potenciar cada vez mais este estilo de vida saudável.

Existem Normas de Conduta e Recomendações. Para que servem? 

Sim, a preocupação com o ambiente diminuindo o impacto ambiental que um evento desta natureza pode causar está sempre presente, daí que as organizações criam regras como: proibir deitar lixo no chão, não fornecer copos de plástico durante os postos de hidratação, fazerem plantações de árvores regulares nos meios onde se pratica a modalidade, entre outras iniciativas.

O que tem de especial esta prova?

Uma serra com uma beleza ímpar, trilhos, aldeias e gentes que sabem receber bem, e que vão, com certeza, surpreender todos aqueles que nos visitarem tornando esta prova num evento único.

Depois, os desníveis consideráveis e trilhos técnicos vão tornar esta prova muito desafiadora.

O que é que os participantes podem esperar deste evento?

À semelhança do trabalho que desenvolvemos na Serra D’Arga, do qual tornou essa Serra uma referência nacional e internacional, acreditamos que a Serra Amarela possa ter as mesmas condições e num futuro muito próximo ser, também ela, uma referência, quer na pratica da corrida, bem como em vários desportos de Montanha e Natureza sendo que, proporciona, também, excelentes condições para os desportos náuticos, nas albufeiras do Rio Lima.

Quais as suas expectativas?

As primeiras edições são sempre complicadas em termos de expectativas, mas temos com o Município um projeto de longo prazo, no qual acreditamos marcar este evento como um grande evento, porque o potencial desta região é tão grande, que se deviam sentar todos os intervenientes e tornar esta região a Capital do Trail Running Nacional. Existem todas as condições para ostentar essa designação e acreditamos que mais cedo ou mais isso poderá acontecer.

SerraAmarelaSkyMarathon_Foto4

A Serra Amarela esta “ibéria na sua pureza essencial e granítica” como Torga lhe chamou será o palco para a primeira edição desta prova que levará os participantes a percorrer um território onde a Natureza convive numa singular harmonia com o Homem.

O desporto de natureza encontra em Ponte da Barca um cenário ideal para a sua prática. Desde os desportos aquáticos aos de montanha subsistem neste território as condições ideais para a sua prática sendo a intenção do Município o reforço da sua atratividade e o envolvimento da população nos mesmos.

Os praticantes das diversas modalidades e, neste caso mais particular os participantes na SkyMarathon, poderão desfrutar de paisagens deslumbrantes, de cenários da nossa história, encontrar as nossas gentes, as nossas aldeias, tomar parte da nossa cultura, das nossas tradições e claro da excelência da nossa gastronomia e dos nossos vinhos. É nestes detalhes que encontramos a nossa identidade que se encontra vincada no que esta prova representa a excelência de Ponte da Barca, a Excelência da Natureza.

Augusto Marinho :: Presidente da C.M. Ponte da Barca

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here