Vegetarianismo em Paredes de Coura: Quinta das Águias “provoca” peça de teatro

0

Depois de livros, a Quinta das Águias vai dar origem a uma peça de teatro. A garantia foi ontem, ao fim do dia, dada pelo ator Heitor Lourenço, na abertura do Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana, perante autoridades locais e muitos dos oradores e congressistas de um evento, já na 5ª edição, que decorre até domingo.

O ator falava na apresentação do livro “Semear o Futuro”, escrito a duas mãos, por Ivone e Joep Ingen Housz, sobre o “santuário” de animais e de natureza que há 15 anos deram corpo, quando adquiriram uma quinta abandonada em Rubiães, Paredes de Coura. A obra dá a conhecer o projeto da Quinta das Águias, onde convivem cerca de 130 animais “que não vão parar à panela”, o modo como surgiu e desenvolveu, assim como apresenta uma série de sugestões de receitas vegetarianas que têm sido desenvolvidas pelas seus autores.

Na ocasião, o chefe do município, Vítor Paulo Pereira, destacaria o modo como apareceu o projeto e, na sequência, o congresso internacional, que, desde sempre, a autarquia apoiou. “Surgiu da sociedade civil, pela Ivone e o Joep e muitas pessoas transparentes”, enfatizou.

Joep, emocionado, destacou o caminho percorrido em prol de um projeto de sustentabilidade,  lembrou o trabalho e o companheirismo de Ivone e falou do que o projeto poderá servir às futuras gerações. Considerou, também, que o livro, embora não seja de receitas de cozinha (vegetariana), pode muito bem ser utilizado como tal.

Gene Baur apresentou e falou também do livro e do “santuário”, onde os animais são tratados como “amigos” e, portanto, não são para comer. Heitor Lourenço, além da motivação para a peça de teatro, considerou a obra lançada como a “face visível de um trabalho enorme que está por detrás”.

Após Ivone agradecer a presença de tantos amigos no ato, alguns dos quais não via há muitos anos, considerou o projeto e, neste âmbito, o livro, como um contributo para uma vida “mais feliz e mais saudável”.

Maria José Moreira, a vereadora de Paredes de Coura que também é vegetariana, destacou o modo como Ivone e Joep têm sido companheiros de percurso, o modo como criaram laços na comunidade local e implementaram novos hábitos de vida, o exemplo que são, as receitas e recomendações que deixam no livro. “Isto é o início de muitos outros projetos”, preconizou.

Esta edição do congresso internacional vegetariano – promovido pelo Município de Paredes de Coura e a associação Quinta das Águas –  tem como tema “Desperdício Zero” e regista a intervenção de duas dezenas de oradores e cinco centenas de participantes. Proteção ambiental e animal, Saúde e Economia são os pilares do vegetarianismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here