Viana é o município alto-minhoto com maior poder de compra. A seguir está Cerveira

0
Viana é o município alto-minhoto com maior poder de compra. A seguir está Cerveira
© direitos reservados

Viana do Castelo continua a ser, no Alto Minho, o concelho com maior poder de compra. Os dados foram agora divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que apontam a capital de distrito com 93, 09% do poder de compra da média nacional.

A média distrital anda pelos 79, 65%.

Em 2º lugar encontra-se, agora, V. N. Cerveira, com 84, 24%. Segue-se Valença (82, 66%), Caminha (78, 91%), Ponte de Lima (71, 04%) e Monção (70, 16%). Abaixo de 60% estão Arcos de Valdevez (67, 78%), Paredes de Coura (66, 39%), Ponte da Barca (64, 43%) e Melgaço (62, 02%).

Já no conjunto do país, as áreas metropolitanas (Lisboa e Porto) concentravam, em 2017, 44% da população portuguesa. Concentravam, em 2017, mais de metade (52%) do poder de compra do país – 34,2% e 17,5%, respetivamente. Os dois territórios reuniam, nesse mesmo ano, 44% da população portuguesa (27,5% em Lisboa e 16,7% na no Porto).

O concelho de Braga registou um índice de poder de compra “per capita” de 106,97, sendo  o único município minhoto com valores superiores à média nacional.

Em termos de municípios, Lisboa ocupa o primeiro lugar do ranking, com 219,6.

Já as regiões do Norte e do Centro do país eram aquelas que concentravam menos poder de compra, especialmente nas sub-regiões do Alto Tâmega, Beira Baixa e Terras de Trás-os-Montes.

“Além dos território metropolitanos, também os municípios correspondentes a algumas capitais de distrito revelaram um poder de compra per capita superior à media nacional, com relevância para Faro (132,5), Coimbra (128,7), Aveiro (123,1) e Évora (117,3), com valores de poder de compra percentual superiores a 110, bem como os municípios de Sines (128,7), do Funchal (114,3) e de Albufeira (112).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here