XXII Congresso Nacional do Partido Socialista – Balanço

0

Decorreu no fim de semana de 25 a 27 de maio de 2018 o XXII Congresso Nacional do Partido Socialista. Congresso que se realizou na Batalha e contou com uma multidão de militantes, simpatizantes e amigos do partido socialista.

Entre homenagens a Mário Soares e a António Arnault, afirmamos que foi um dos congressos mais emotivos de sempre, com os valores do socialismo bem presentes.

A Juventude Socialista marcou presença neste congresso com uma grande representação, embora com menos intervenções devido à limitação de inscrições para intervir. As intervenções demonstraram um grande empenho e conhecimento da juventude sobre as políticas do nosso país de uma forma geral.

Da JS Alto Minho tivemos a intervenção da camarada Marina Gonçalves, também ela membro do secretariado nacional da Juventude Socialista.

A JS apresentou três moções setoriais a este congresso, uma sobre a existência de mais garantias laborais para os trabalhadores, outra com uma proposta para que a prostituição seja regulamentada e ainda uma moção sobre a necessidade de um novo pacto para o ensino superior e ciência.

De uma forma muito superficial, a primeira moção versou sobre a possibilidade de implementar um pacote de garantias laborais entre as quais está a definição de um limite máximo de 35 horas por semana para todos os trabalhadores, a segunda dizia diretamente respeito à regulamentação da prostituição e a terceira apontava para um novo pacto para o ensino superior e ciência concretizado num conjunto de medidas onde que se destaca uma proposta para uma redução imediata da propina do 1º ciclo de estudos, a uniformização das taxas e emolumentos e a criação de um plano nacional de habitação para estudantes deslocados.

O congresso terminou com uma grande intervenção de António Costa onde ficou claro que a JUVENTUDE e as políticas para a JUVENTUDE são e serão uma das suas grandes prioridades.

A JS Alto Minho fez-se representar através de 7 militantes e saúda a forma eximia como foi organizado o congresso.

“O secretário-geral do PS anunciou (…) uma proposta para limitar os contratos a termo, sobretudo para jovens no primeiro emprego, e pediu um acordo de concertação social para a conciliação da vida familiar com a profissional.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here